Chez Lá Fora

PEDRO LARUMBE: ENTRE A TRADIÇÃO E A VANGUARDA



Para contar a historia do renomado chef espanhol Pedro Larumbe, que recentemente levou seu restaurante para uma das ruas mais disputadas de Madri, é preciso entrar em um túnel do tempo que nos leva diretamente para 1969, quando ele começou sua aventura pelos fogões de um restaurante familiar em Santander. Naquela época ele tinha apenas 16 anos e conta que teve a sorte de se deparar com o que seria sua paixão no seu primeiro emprego. “Fui trabalhar em um restaurante por acaso, porque era o que me ofereciam naquele momento e tive a sorte de gostar. Nunca mais busquei outra coisa”, lembra. O acaso também lhe deu a oportunidade de ter contato com uma variedade imensa de peixes e frutos do mar, que hoje são as estrelas do seu cardápio.                                                                                                                   
 
É importante relembrar um pouquinho do seu passado porque o chef conserva nos seus pratos muito dessa cozinha tradicional que conheceu lá no comecinho da carreira, mas acrescenta toques de vanguarda com uma delicadeza característica. “Tento apresentar propostas criativas, mas o mais importante é levar para a mesa produtos de qualidade. E o atendimento tem que ser irretocável!”, afirma.
 
Todos os seus objetivos são cumpridos à risca. E o ambiente luminoso, com decoração elegante de linhas sobreas, mas ao mesmo tempo íntimo, convida a degustar sem pressa pratos com caprichadas notas de fusão como o “ceviche de vieiras con berberecho, avellana e salicornia”, “pulpo braseado y ahumado con purê de patata” ou “sepietas y habitas con huevo asado a 64º”. Para sobremesa o “bizcocho de zanahoria con sopa de cítricos y helado de verduras” vale pela mistura deliciosa de sabores e pela inusitada apresentação.
 
Não é dos restaurantes mais econômicos da cidade, mas é uma das opções mais interessantes em Madri para provar o melhor da culinária espanhola de bom gosto e sem afetações.