Onde estou? HOME | CHEZ CONVIDA

Convida

Um Homem de Menu Completo




Figura conhecida nos palcos e bastidores de teatros acima e abaixo da linha do Equador, Jorge Takla dispensa apresentações. Atualmente em cartaz no Teatro Faap, o diretor de Vanya e Sonia e Masha e Spike nos contou um pouco sobre o espetáculo e suas preferências gastronômicas.
 
Nascido no Líbano e criado no mundo (morou em Paris e Nova York antes de fincar raízes no Brasil), o artista multifacetado mostrou que sua cozinha também é cosmopolita. Mesmo quando o assunto é hipotético não poupa esforços em descrever minuciosamente a cena. Ao ser questionado sobre qual prato prepararia em um jantar para um convidado especial, não hesitou e veio com o menu completo esboçado (com entrada, prato principal e sobremesa dignos de restaurante estrelado). 
 
Assim é Takla; um homem que exercita a imaginação constantemente. Alguém que definitivamente sabe o que quer...nos palcos ou na cozinha. 
 
Veja abaixo a entrevista completa. 
 
 
 Li que há duas décadas você já vinha querendo fazer um espetáculo teatral com a Marilia Gabriela. Como finalmente se deu este encontro? 
Assisti Vanya e Sonia e Masha e Spike em Nova York, em 2012. O papel era feito pela Sigourney Weaver. Pensei imediatamente na Gabi. Ela leu e se apaixonou. 
 
 O que mais te chamou a atenção quando viu o espetáculo em Nova York? 
Amei o fato de ser uma comédia, mas uma comédia inteligente, com referências literárias. Retrata uma família bem disfuncional e um conflito entre valores antigos e a nova geração, com todas as suas referências tecnológicas. 
 
 Você foi um dos primeiros a trazer grandes musicais para o Brasil e também o responsável pelo boom do gênero no país. Tem mais espaço e incentivos para musicais atualmente? É mais fácil montar um espetáculo hoje? 
Claro, hoje é mais fácil montar um musical do que 20 anos atrás. Tem um mercado imenso, artistas preparados, técnicos capacitados, patrocinadores interessados e teatros bem equipados. Tudo isso é muuuuuuito recente e facilita a realização destes espetáculos no Brasil. 
 
  No universo do teatro você já passou diferentes áreas; ator, diretor, cenógrafo, produtor, figurinista e iluminador. Também já realizou musicais, ópera, dramas e comédias. O que falta fazer? 
Me aposentar! 
 
Você nasceu no Líbano, morou na França, Estados Unidos e Brasil. Qual é a sua referência gastronômica mais forte? 
Comida árabe. É muito saudável e energética, a base de grão, verduras, legumes, coalhada e frutas. 
 
 Se pudesse definir a tua infância, adolescência e maturidade em 3 pratos, quais seriam? 
Sanduíche de pão sírio com coalhada seca, hortelã e pepino, Moulokhieh (Molokhia) e Blinis com caviar. 
 
 Quais restaurantes você frequenta? 
Loi, Piselli, Spot, Almanara, Arabia, Rodeio e Zena.
 
 Você cozinha? 
Sim.
 
 Se fizesse um jantar especial em casa quem convidaria e qual prato prepararia? 
Convidaria o elenco com o qual estaria trabalhando naquele momento. Prepararia uma Salada de cuscus marroquino com camarão, um Rosbife com ragu de shitake, Aligot e torta de coco com carambola.
 


 

...

Chez Convida

 

...