Onde estou? HOME | CHEZ CONVIDA

Convida

Priscila Sol




 
 
 
O Chez Croque conversou com a atriz Priscila Sol, que participou do elenco da novela Viver a Vida, sobre ser mãe, ter fé, não fazer nada, cozinhar em casa e lugares descolados para ir em São Paulo 

 
 

Você estuda teatro desde os 13 anos, como foi que decidiu investir na carreira de atriz?
Eu estava no colegial e resolvi fazer um curso profissionalizante de teatro pra ver se era mesmo isso que eu queria antes de escolher o que eu faria na faculdade. Acabei fazendo 5 anos de teatro e me formando na própria escola Macunaíma. Não fiz faculdade, mas escolhi ir para uma escola especializada em artes na Nova Zelândia.
 
Você estreou na Globo na novela Viver a Vida, como foi participar de uma novela das oito? Muita pressão? Quais eram as suas expectativas?
A minha estreia foi uma experiência incrível! Não tinha muita pressão, pelo menos da minha parte, apesar de estar na maior emissora do país, pra mim, era como um trabalho qualquer. Sempre quis ter o pé no chão e não me deslumbrar com o que estava me acontecendo, muitas vezes fingia pra mim mesma que não era comigo aquele paparico todo!
 
Há alguma atriz de quem você seja fã? Uma pessoa em quem você se inspire? Se sim, por quê?
Sim! Na verdade não consigo te dizer uma, tenho duas pessoas por quem eu fico de boca aberta com a verdade e qualidade de interpretação: Cássia Kiss e Glória Pires. São atrizes grandiosas, sem serem espalhafatosas, são muitas vezes pequenas e concisas, mas de uma maneira brilhante.
 
Quando conseguiu esse papel, foi a Aparecida agradecer pela promessa. É religiosa? 
Sim, fui agradecer à minha Santinha querida que sempre me escuta! Ás vezes, falo muita groselha e ela me dá um chá de canseira, mas tenho muita fé. A minha fé é tão grande que meus amigos falam que eu deveria começar a pregar. Mas não sou pastora, não entendo muito, lia muito a Bíblia quando criança e não entendia nada. Quando passei a entender, comecei a contestar algumas coisas, fiquei com medo e larguei mão. Hoje, procuro entender essa força que existe dentro de mim o resto vou descobrindo aos poucos. 
 
Quais são suas crenças espirituais?
Eu acredito que estamos aqui para nos tornar seres melhores, para aprendermos uns com os outros, para superarmos problemas, bloqueios, traumas de vidas passadas, perdoarmos, amarmos. Peço todos os dias a Deus que me torne um ser humano melhor e que possa perdoar todos os meus os meus erros. 
 
Você fez fotos sensuais para uma revista masculina, alguma vez já tinha pensado em fazer algo do tipo? Como foi?
Fiz e foi melhor do que eu esperava. Nunca passou pela minha cabeça fazer isso. Não gosto muito de posar, costumo dizer que me acho bonita nas minhas fotos com as minhas amigas. Nas posadas pra revistas eu fico feinha. Mas dessa vez foi tranqüilo, tomei umas duas dosezinhas de saquê e pronto! Fui eu mesma, como eu sou quando estou na minha intimidade e acho que por isso me achei bonita, me identifiquei vendo as fotos, mesmo estando mais produzida....
 
Quando não está trabalhando, o que mais gosta de fazer?
As coisas mais normais do mundo...  como... não fazer nada, absolutamente nada! Tirar o dia pra fazer o que me der na telha. Levo meu filho na escola, vou ao parque, faço lição com ele, brinco , falo no telefone, saio para tomar um café, faço a unha, vejo um filme, vou para a academia, às vezes faço um brigadeiro à tarde, leio... 
 
Quais seus próximos projetos profissionais?
Tenho vários, acho que nunca tive tantos projetos. Quando eu era a Priscila Moura Faria, tinha mais facilidade de botar todos eles em prática, a cobrança e a pressão eram menores. Agora, sou a Priscila sol, os projetos são maiores e as cobranças também, confesso que isso me assusta um pouco, prezo muito minha vida tranqüila. Então, meu maior projeto agora é organizar tudo isso na minha mente e voltar pro meu caminho outra vez. Muitos artistas buscam a fama, eu busquei o sucesso profissional que me trouxe a fama de presente e eu não soube lidar com ela. Conheço vários atores que também se assustaram com isso, mas daqui a pouco estou de volta!!! 
 
Que lugares gosta de frequentar em São Paulo?
Gosto muito de andar pela Paulista e ver todo tipo de gente. De ir na feirinha da Bela vista de domingo, dá para encontrar muita coisa linda pra casa por um preço bem bacana! Gosto da Benedito Calixto aos sábados, lá também tem muita coisa diferente. Na Praça Roosevelt dá para assistir um ótimo espetáculo, tomar um vinho e petiscar coisas bem gostosas sem gastar muito.Tem muito lugar legal em são Paulo a qualquer horário, e qualquer dia.
 
Qual o seu restaurante preferido? O que gosta de comer lá?
Isso é difícil! Bom, a minha comida preferida é a de um restaurante no centro "Barão de Itararé" gosto muito da Paella baiana que eles tem lá, além dos bolinhos e das mais diversas cachaças que só esse encontra ali.
 
Você tem um filho, cozinha para ele? 
Tenho O filho! Cozinho sim, ele gosta muito da minha comida. Como ele é meio chato pra comer, acabo fazendo quase sempre as mesmas coisas: creme de milho, strogonoff de frango ou de carne, macarrão de molho branco.Tudo que vai molho, e com muito molho. 
 
Você tem alguma especialidade na cozinha? 
Batata gratinada com molho branco e queijo! O Vitor, meu filho, adora! É o prato preferido dele.
 
O que mais gosta de ser mãe?  
Tudo! Ser mãe, sem dúvida nenhuma, foi o maior presente de Deus pra mim, e olha ele já me deu vários, mas nenhum se compara a esse amor, nada na vida é realmente triste, realmente chato, difícil. Quando você olha nos olhos do seu filho tudo fica lindo, fácil e alegre! 
 

 



 

...

Chez Convida

 

...