Onde estou? HOME | CHEZ CONVIDA

Convida

Eloisa Marcondes




O Chez Croque conversou com a aromaterapeuta Eloisa Marcondes sobre flores comestíveis, aromas afrodisíacos e gastronomia
 
Quando surgiu o seu interesse pelo poder curativo das flores?
Minha mãe conta que já na infância eu fazia saladinha de flores para minhas bonecas. Um tempo depois, vim morar na fazenda e não tinha farmácia perto, então adotei as plantas medicinais como minha farmácia de plantão 24 horas. Também aprendi muito com a sabedoria das pessoas da roça, elas me aguçaram os sentidos. A partir daí, fui procurar informações que complementassem o que eu já tinha aprendido.
 
Qual é o princípio pelo qual a aromaterapia faz efeito?
A aromatearpia é a ciência que investiga e usa os efeitos dos aromas extraídos das folhas, raízes, resinas, flores e frutos. Cada um deles possui recursos medicinais e propriedades terapêuticas: analgésicos, anti-sépticos, anti-inflamatório, bactericida, calmante, cicatrizante, tônico e inúmeras outras. O sistema olfativo transforma os componentes químicos inalados em impulsos neurológicos que atingem diferentes áreas cerebrais. Os impulsos chegam até as glândulas acionando nossos sistemas de defesa. Além de influenciar a zona cerebral onde nascem as emoções o chamado sistema límbico.
 
Caso alguém seja exposto a um aroma por conta de trabalho, um chef de cozinha por exemplo, a pessoa pode ser afetada emocionalmente?
Sim, claro. Hoje em dia até algumas lojas famosas desenvolvem suas próprias fragrâncias para conquistar fregueses e incentivá-los a consumir! Onde começa o gosto e termina o olfato? O nariz é capaz de detectar mais de dez mil odores e o cérebro de diferenciá-los.O olfato do ponto de vista da evolução, é o nosso sentido mais antigo. É preciso, rápido, e poderoso, e fica gravado na memória com tenaz persistência, daí o sucesso dos perfumes. Os chef penetram no mundo dos aromas entre plantas aromáticas, especiarias, bebidas, etc.. um mundo de verdadeiras magias.Tenho a certeza que eles quando cozinham buscam notas de aromas, que instantaneamente trazem prazer!
 
Há de fato alguma flor com poderes afrodisíacos?  
Desde sempre a humanidade tem recorrido à substâncias, truques e magias para estimular o desejo amoroso e a fertilidade. Algumas tem fundamento científico, outras fazem parte do imaginário, da cultura de cada pessoa. Os óleos essenciais fazem parte desta sedutora e prazerosa viagem. Cleópatra sabia disso e impregnava seus aposentos com fragrância de rosas de damasco. Como curiosidade, vale visitar a coleção de colheres de mistura de óleos e perfumes da Cleópatra na ala do Egito no Luovre, em Paris. Outra dica é a leitura divertida de Afrodite, contos, receitas e outros afrodisíacos, de Isabel Allende.
 
Gostaria de saber mais sobre os tratamentos que você faz com animais, como funcionam?
Aplico os florais e aromaterapia nos animais usados como instrumento terapêutico (cavalos, cães guias etc..) ou em qualquer animal que necessite de ajuda, relaxamento, centramento. Pela minha experiência, digo e afirmo que os resultados com animais são muito mais rápidos que com os seres humanos, pois eles não sabem o que é efeito placebo.
 
Você já tratou algum animal de estimação seu?
Sim, com 28 anos de fazenda, a lição é: primeiro o veterinário, depois entro com meus conhecimentos. Aliás, meu cavalo de provas de enduro eqüestre foi um dos temas principais de minha monografia para formação como terapeuta. Uma dica: o o óleo de Lavanda e óleo de tea tree são ótimo para desinfetar e cicatrizar feridinhas. Plantas Santas, que fazem parte do meu Pronto Socorro.
 
E as flores comestíveis? Poderia falar um pouco sobre isso?
 As flores comestíveis estão chegando aos poucos as mesas dos brasileiros, ajudando a encantar a alta gastronomia, com a suas cores formas, sabores, aromas e beleza. As mais conhecidas por aqui são as capuchinhas, a flor da abóbora, rosas e violetas. É bom lembrar que a Lavanda que temos aqui no Brasil não é comestível, pois é a falsa Lavanda, tóxica. A verdadeira Lavanda usada na gastronomia é da espécie Angustifólia, e só nasce em regiões muito frias como em Provance na França, no Canadá, e algumas regiões dos Estados Unidos. Uma dica é ir ao “Lavander Festival”, em Sequim, que  acontece no mês julho, quando ocorrem as floradas. Todas as fazendas tem seus Bistrôs com receitas especiais feitas com lavadas. O sorvete é o máximo!
 
Que receita terapêutica você recomenda para nossos leitores?
Uma massagem com óleo de Lavanda (de boa procedência). No frio, um Chá de Capim limão, com raspas de limão siciliano e, por fim, coloque gotas de Ylag Ylang no travesseiro. Aí é só esperar os bons sonhos!
 
Quais são suas preferências gastronômicas?
 Sou vegetariana e gosto de comer muito bem! Para um prato me conquistar, basta ser criativo e perfumado. Manjericão, orégano, hortelã, são aromas que eu adoro. Gosto também do sabor do cardamomo, aniz, pimentas e alfavacas! Tem de ter aroma e alquimia!
 
 
Conheça mais:


 

...

Chez Convida

 

...